Daniel Duende é escritor, brasiliense, e tradutor (talvez nesta ordem). Sofre de um grave vício em video-games do qual nunca quis se tratar, mas nas horas vagas de sobriedade tenta descobrir o que é ser um blogueiro. Outras de suas paixões são os jogos de interpretação e sua desorganizada coleção de quadrinhos. Vez por outra tira também umas fotografias, mas nunca gosta muito do resultado.

Duende é atualmente o Coordenador do Global Voices em Português, site responsável pela tradução do conteúdo do observatório blogosférico Global Voices Online, e vez por outra colabora com o Overmundo. Mantém atualmente dois blogues, o Novo Alriada Express e O Caderno do Cluracão, e alterna-se em gostar ora mais de um, ora mais de outro, mas ambos são filhos queridos. Tem também uma conta no flickr, um fotolog e uma gata branca que acredita que ele também seja um gato.

quarta-feira, 25 de julho de 2007

Os mortos dos outros...

Desde a zero hora de hoje até agora (21:12), o Alriada Express recebeu 112 visitas de pessoas fazendo buscas por imagens dos "Corpos das Vitimas do Acidente da TAM" ou coisa parecida. Não consigo entender o que leva as pessoas a se interessarem tanto pela visão da morte e mutilação alheia. Desde o dia que tive a má idéia de abrir um email enviado por um amigo, contendo as fotos de algumas das pessoas que pularam do WTC, a mera lembrança ou idéia sobre fotos gore já é o bastante para me embrulhar o estômago.

Mas a questão que me intriga é se estas mesmas pessoas que colecionam e gostam de fotos de pessoas desconhecidas mortas e despedaçadas também gostaria de ver seus parentes e amigos da mesma forma, mortos e despedaçados.

Eu gostaria de acreditar que não, e que eles gostam só de ver os mortos dos outros. Me perturba a idéia de que alguns deles possam ser tão bizarros a ponto de se deliciar com a mutilação até de seus parentes...

Tá. Chega disso.
Não tem fotos de gente mutilada aqui.
Vão embora!

7 comentários:

Alexx disse...

É inacreditável, cara. Minhas visitas de mórbidos são de umas 600 por dia. Eu não sei como, pois ontem fiz uma busca pra ver onde meu blog aparecia, e a frase que o Google mostrava era: "Quem pode ser tão mórbido ao ponto de fazer buscas como "fotos dos corpos do acidente da TAM/GOL"? Vão procurar algo melhor pra fazer!"
Isso só pode levar idiotas, que não sabem ler ou fazer uma busca, ao meu blog. E levou.
Eu não entendo como corpos carbonizados e mutilados podem ser mais atraentes que as fotos da Ana Paula Oliveira. Um 63% dos meus ilustres visitantes procura fotos de cadáveres, enquanto apenas um 10% procura fotos da beleza feminina. São uns burros mórbidos sem remédio!

Carine Roos disse...

É incompreensível mesmo. Foge a qualquer sentimento de humanidade.

Bjus da poocah

Cíntia disse...

Caro Verde
Pelo menos há gente na linha oposta. Publiquei num dos meus blogs o seguinte:

Segundo o blog Intermezzo,

“A TV Cultura decidiu não veicular nem ceder imagens captadas ontem por sua equipe de reportagem, mostrando a seqüência da queda de uma suposta funcionária da TAM do alto do prédio da empresa, atingido por uma aeronave. A emissora considera que são imagens fortes, cuja divulgação não condiz com as normas que devem orientar a prática do Jornalismo Público. Conforme o Guia de Princípios do Jornalismo Público, “destacar só os desvãos mais sombrios dos fatos gera nas pessoas um entendimento fatalista do mundo, que deixa de ser um projeto humano, resultado da vontade dos homens, para se tornar uma sucessão de eventos inexoráveis sobre os quais nunca se pode interferir”.
http://parapeitodepapel.blogspot.com/2007/07/seguindo-o-guia-de-princpios.html

Abraços

Daniel Duende disse...

Olá Alexx,

este povo é mesmo bizarro. Fico impressionado não apenas com o gosto mórbido (e perturbador) que eles apresentam por estas imagens, como também pela profunda ignorância com aparentam em seus comentários.

Gente esquisita e desagradável!

Abraços do Verde.

Daniel Duende disse...

Olá Poocah.

Eu tenho minhas ressalvas sobre o que é ou não é humano. Talvez o "humano" englobe também coisas desagradáveis como estas.

Eu diria que são gostos bizarros, perturbadores, talvez até inadmissíveis. Mas infelizmente não tenho notícias de que aconteça fora do gênero humano.

Logo, é triste, mas parece que isso é humano. Por sorte, não é a maioria dos humanos que é assim.

Para os que tentam (e conseguem) ser humanos melhores, um brinde.

Abraços do Verde.

Daniel Duende disse...

Ola Cintia,

estas são boas notícias. Sempre tive "um pouco mais" de respeito pelo trabalho do pessoal da TV Cultura do que pelo resto da indústria midiática "tradicional". Eles me parecem, no mínimo, mais sérios e éticos do que os demais. Sua notícia corrobora isso.

Um brinde a eles também!

Abraços do Verde.

Jaket Kulit Garut disse...

be a reflection and a lot of knowledge to visit this blog and interesting to read thanks admin, my site can visit jaket kulit garut much koleksi leather jacket.