Daniel Duende é escritor, brasiliense, e tradutor (talvez nesta ordem). Sofre de um grave vício em video-games do qual nunca quis se tratar, mas nas horas vagas de sobriedade tenta descobrir o que é ser um blogueiro. Outras de suas paixões são os jogos de interpretação e sua desorganizada coleção de quadrinhos. Vez por outra tira também umas fotografias, mas nunca gosta muito do resultado.

Duende é atualmente o Coordenador do Global Voices em Português, site responsável pela tradução do conteúdo do observatório blogosférico Global Voices Online, e vez por outra colabora com o Overmundo. Mantém atualmente dois blogues, o Novo Alriada Express e O Caderno do Cluracão, e alterna-se em gostar ora mais de um, ora mais de outro, mas ambos são filhos queridos. Tem também uma conta no flickr, um fotolog e uma gata branca que acredita que ele também seja um gato.

sexta-feira, 10 de agosto de 2007

UBUNTU: meus problemas acabaram (!?)...

Depois de muito enrolar, resolvi instalar o Ubuntu no meu computador. Nem posso dizer que foi um "momento de decisão", pois eu não tinha escolha. Quando meu velho Debian-calhambeque-com-o-APT-quebrado resolveu sistematicamente entrar em colapso, tudo que me restou fazer foi reinstalar tudo.

Mas agora que estou com o Ubuntu, me deu aquela agradável sensação de que meus problemas acabaram. O bichinho funciona tão bem, e tão macio, que dá até para a gente se enganar e acreditar que ele não vai dar pau nunca.



Só tenho uma pergunta: já que ele se instala bonitinho e nem me pergunta nada, como diabos faço para descobrir a senha de ROOT que ele cadastrou? Sugestões? =]


UPDATE:
Com a ajuda do Bruno, acabei descobrindo que a solução era bem mais simples do que eu pensava. Agora sim, meus problemas acabaram =]

4 comentários:

Bruno disse...

A senha de root é a mesma que a do usuário que você criou durante a instalação.

Como não há um usuário específico chamado root, você deve utilizar o comando "sudo" antes dos comandos que você deseja rodar como root, ou digitar "sudo -i" para iniciar uma sessão de root num terminal (com a mesma senha do usuário).

Espero ter ajudado ^^

Daniel Duende disse...

Olá Bruno,

valeu mesmo pela dica. Ajudou um bocado. :D

Abraços do Verde.

Gabriela disse...

menino, levei um tempo para descobrir o que é "ubuntu"... quando vi a propaganda "Rápido. Seguro. Fácil. Livre.", achei que era propaganda do Banco Bradesco... ainda bem que não é. agora já sei o que é Ubuntu.
bjs gabi

Daniel Duende disse...

Hahahahaah... pois é, Gabi. Acho que o post não ficou muito "auto explicativo". Mas foi mais um comentário rápido sobre minha alegria com o novo sistema operacional (já que o velho tava me torturando) do que uma notícia bem trabalhada em si.

Em suma, estou feliz com o Ubuntu e agora sim eu consigo trabalhar :D

Abraços do Verde.