Daniel Duende é escritor, brasiliense, e tradutor (talvez nesta ordem). Sofre de um grave vício em video-games do qual nunca quis se tratar, mas nas horas vagas de sobriedade tenta descobrir o que é ser um blogueiro. Outras de suas paixões são os jogos de interpretação e sua desorganizada coleção de quadrinhos. Vez por outra tira também umas fotografias, mas nunca gosta muito do resultado.

Duende é atualmente o Coordenador do Global Voices em Português, site responsável pela tradução do conteúdo do observatório blogosférico Global Voices Online, e vez por outra colabora com o Overmundo. Mantém atualmente dois blogues, o Novo Alriada Express e O Caderno do Cluracão, e alterna-se em gostar ora mais de um, ora mais de outro, mas ambos são filhos queridos. Tem também uma conta no flickr, um fotolog e uma gata branca que acredita que ele também seja um gato.

quinta-feira, 28 de maio de 2009

Salvem o Cine Brasília

Recebido por email:

Amigos,

Você que se interessa e luta para que os nichos de cultura , em
Brasília, não sejam destruidos, não deixe de comparecer , no dia 6 de
junho, no hall do Cine Brasília. Reuniremos, em um grande movimento,
para mostrar que estamos atentos às tentativas do governo em abandonar
o cinema, mostrar sua inutilidade e, quem sabe, utilizar o belo espaço
para outros fins.
Diante dos fatos, convocamos você para que adote nossa causa,
chame os amigos, seu grupo, jogue na net, faça camisetas, cartazes.
Use e abuse da sua criatividade e venha juntar-se a nós. Convoque
seus contatos na imprensa e bote a boca no mundo. Grite o seu direito
à cultura. Vá lá!
Estaremos acampados, a partir das 17 horas, no local.
Anote isso na sua agenda, no seu calendário. Não perca este movimento
O Cine Brasília é um tradicional cinema brasiliense, localizado alí nas margens do Eixinho W, na altura da 7-8 sul. É o último cinema de rua (isto é, o último cinema fora de um shopping center) em Brasília. Para aqueles que acham que vale a pena lutar por um tradicional cinema, vale a dica.

3 comentários:

Jorge Ramiro disse...

Não é como quando eu era criança. Quando eu era uma criança costumava ir com meus pais e avós no cinema local. Sim, havia um cinema local em Bela Vista, as pessoas, felizes, costumavan ir ao cinema. Nao havia pop-korn. Nao havia pessoas fazendo barulho no filme. O cine é parte de nossa identidade, cinemas de bairro são parte da nossa identidade e da nossa cultura. Não podemos deixar que os cinemas estão fechados. Isso é como ir fechar nossa cultura.

jaket kulit Asli disse...

new things and new experiences visiting this blog see mya blog jaket kulit asli.. I really like the articles and posts written on this blog thanks admin

Anônimo disse...

very nice sharing this article and good for all people
jaket kulit asli sukaregang garut
jaket kulit asli pria
jaket kulit asli berkualitas
jaket kulit asli
jaket kulit asli
jaket kulit asli